Crowdfunding. Fonte: Hands on Dream

Crowdfunding se consolida como financiamento para projetos culturais*

crowdfunding é uma forma de rede de financiamento colaborativo. Se definirmos a prática como obtenção de capital, advinda de diversas pessoas, para a realização de uma ação ou produto, percebemos que ela não é nova. No Brasil, observamos esse tipo de ação através de projetos filantrópicos. Contudo, o crowdfunding ganhou novas possibilidades e ampliações com a internet. O financiamento abarca desde campanhas políticas até pequenos negócios e desenvolvimento de softwares, com os financiadores recebendo recompensas equivalentes à contribuição realizada. O que se tornou mais viável e se consolidou mais recentemente foi o apoio aos projetos e aos produtos culturais.

O empreendedor brasileiro do site Catarse, Diego Reeberg, confia na consolidação dessa forma de financiamento e deseja que seu site possibilite a realização de mais projetos que a Lei Rouanet (que possui o limite anual de pouco mais de 6 mil). Segundo matéria do Estadão, o Catarse já financiou 520 projetos, levantando R$ 7,3 milhões. Apenas em 2012, o crowdfunding movimentou US$ 2,7 bilhões no mundo. Em 2013, a expectativa é duplicar esse valor.

Estrutura do crowdfunding. Fonte: Hands on Dream
Estrutura do crowdfunding. Fonte: Hands on Dream

Filmes, documentários, séries, jogos (eletrônicos ou não), gibis, livros, peças, gravações de CD e DVD e turnês estão entre algumas propostas culturais já desenvolvidas por essa forma de financiamento. Como os números no Brasil estão inferiores aos dos existentes nos EUA e na Europa, alguns sites já apostam no crossfunding, uma combinação de financiamento colaborativo com o patrocínio privado ou público. Outra possibilidade é permitir que os patrocinadores colaborativos tenham participação nos lucros dos projetos.

No Brasil, alguns dos principais sites de crowdfunding são o BichariaCatarseIdea.meO PoteQueremos e Sibiteentre outros. A procura cresce tanto que alguns já são destinados a segmentos específicos, desde iniciativas para animais carentes e projetos socioambientais até financiamento de artistas, produtos culturais, softwares e mais.

Texto produzido para o blog do GJOL.

2 thoughts on “Crowdfunding se consolida como financiamento para projetos culturais*

Comente!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s